CONTACTOS

Praça de Londres, 1000-074 Lisboa
Tlf. 218437450

Igrejasjoaodeus@gmail.com
www.paroquiasaojoaodeus.pt

Подробнее на сайте: http://grand-medicine.ru
http://rich-health.ru http://begin-travel.ruhttp://israeli-medicine.ru http://mellmo.ruhttp://firstmedicine.ru http://pilot-in2it.ruhttp://grand-business.ruhttp://natural-treatment.ruhttp://free-medicine.ru http://german-medicine.ruhttp://more-health.ruhttp://free-health.ruhttp://medicine-plus.ruhttp://live-medicine.ru

Iniciativas sublinham presença de valores próprios num contexto plural e aberto

O Departamento de Educação Moral e Religiosa Católica (EMRC), do Secretariado Nacional de Educação Cristã, está a promover a Semana Nacional da disciplina e propôs que os alunos aprofundem a mensagem de Fátima, no contexto do Centenário das Aparições.

“Chamamos a atenção para um evento concreto narrado pela irmã Lúcia, situamo-nos na narrativa dos acontecimentos de Fátima”, disse Dimas Pedrinho, do referido departamento, sobre a temática da semana nacional.

À Agência ECCLESIA, explica que foram selecionadas passagens da narrativa sobre as aparições marianas na Cova da Iria, “tendo em conta a faixa etária dos alunos” e os diferentes ciclos de ensino.

O também professor de Educação Moral de Religiosa Católica considera que a semana nacional é uma ocasião para sublinhar a importância da disciplina “no contexto escolar, do seu projeto educativo”.

Dimas Pedrinho realça que “é interessante” que a disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica, enquanto parte do anúncio que da Igreja, aconteça num “contexto plural” como é o da escola, onde se veiculam “conhecimentos, valores”.

“A catequese atua dentro da comunidade eclesial, a EMRC atua, embora sendo atividade que parte da comunidade eclesial, no sítio onde estão todos, que é a escola”, destacou.

As aulas de EMRC apresentam “desafios diferentes” e entram e atuam “no todo da cultura da escola” de acordo com essa cultura “mas sem perder a identidade”.

“Apelamos para os valores humanos que todos defendem, todos promovem. Nós promovemos o nosso contributo específico. Valores que partem da nossa matriz e valorizamos o todo do projeto da escola”, desenvolveu Dimas Pedrinho.

O entrevistado realça que a ação da disciplina e o seu contributo para o todo da escola “decorre durante o ano inteiro”.

O Departamento de Educação Moral e Religiosa Católica, do Secretariado Nacional de Educação Cristã da Igreja Católica, escolheu a última semana do segundo período do ano escolar para esta iniciativa porque “normalmente as avaliações estão feitas” e o “essencial” que deveria ter decorrido em termos de aprendizagem já aconteceu.

“É o momento propício para, com uma criatividade diferente, porque se tem liberdade de tempo, passar a mensagem e criar um dinamismo próprio”, acrescentou.

O portal Educris, da Comissão Episcopal da Educação Cristã, que se apresentou renovado vai ao longo desta semana partilhar “testemunhos” de alunos e de pais sobre o que significa para eles a disciplina de EMRC.

A Concordata assinada em 2004 entre Portugal e a Santa Sé consagra a existência da disciplina de EMRC, sendo os professores propostos pelos bispos, nomeados pelo Estado e pagos pela tutela.

A disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica é uma componente do currículo nacional, de oferta obrigatória por parte dos estabelecimentos de ensino e de frequência facultativa.

HM/CB


"Aquele que não ama não conhece a Deus, porque Deus é Amor." 1 João 4;8