CONTACTOS

Praça de Londres, 1000-074 Lisboa
Tlf. 218437450

Igrejasjoaodeus@gmail.com
www.paroquiasaojoaodeus.pt

Подробнее на сайте: http://more-health.ruhttp://natural-treatment.ru http://medicine-plus.ruhttp://israeli-medicine.ruhttp://live-medicine.ru
http://pilot-in2it.ru http://grand-medicine.ru http://free-health.ruGo to top of pagehttp://firstmedicine.ruhttp://german-medicine.ruhttp://begin-travel.ruhttp://free-medicine.ruhttp://grand-business.ru
http://mellmo.ru
http://rich-health.ru

No domingo dia 26 de Março teve lugar o retiro dos catecúmenos crianças/jovens eleitos para receberem os sacramentos na Vigília Pascal.

Foi um dia muito bom, iniciado com uma breve oração na Capelinha de Nossa Senhora, seguida de um momento de catequese dado pela catequista coordenadora Sónia Ribeiro, a missa das 11h celebrada pelo Sr. Pe. Robson com a Unção dos Catecúmenos, almoço partilhado e finalmente uma visita à Sé Patriarcal, conduzida pelo Pe. Robson.

O Pe. Robson fez uma catequese sobre a relação dos sacramentos de iniciação com o ministério do Bispo na Igreja Local. Seguiu-se uma visita integral à Sé, culminando o dia com uma oração à qual se juntaram os familiares dos catecúmenos.

Esta ida à Sé, de que as crianças tanto gostaram, marcou pela positiva um dia tão chuvoso e cinzento, que só a alegria de sermos Igreja permitiu ver como se um dia de sol radioso se tratasse.

Fez a diferença e viemos de lá todos diferentes, um bocadinho mais ricos, um bocadinho mais conscientes da nossa Fé, um bocadinho mais cientes de sermos comunidade de crentes de sermos Igreja, um bocadinho mais Santos.

Ana João Filipe

No dia 23 de Março, passada 5ª feira, os meninos da Escolinha da Igreja e as senhoras do Lar S. João de Deus, juntaram-se em mais uma iniciativa conjunta para Celebrar a chegada da Primavera.

Esta actividade teve como principal objectivo desenvolver relações inter-geracionais de forma a fortalecer, cada vez mais, os laços que unem as nossas crianças às suas “avós do lar”.

Uma actividade que permitiu estimular a criatividade e a imaginação de cada um e transpor para uma flor cheia de sentimentos de amor, fé, diálogo, paciência e solidariedade.

Uma tarde muito alegre e divertida, brindada com um lanche partilhado.

Enquanto paroquianos de S. João de Deus, convivendo há muito com a realidade da vida em comunidade que aqui existe, sentíamos necessidade de ir mais longe e constituir um grupo de casais com o desejo de aprofundara vivência da Fé em família.

Há três anos atrás, alguns amigos, também da paróquia, pertencentes ao Movimento Mariano de Schoenstatt, apresentaram-nos o desafio de iniciar um percurso de aprofundamento da Fé e conhecimento do movimento, através de reuniões mensais.

Em setembro de 2016, foi-nos lançado outro desafio: Aliança de Amor em casal, com Nossa Senhora, a 1 de Julho de 2017, de modo a lhe consagrarmos a nossa vida.

É neste contexto que o Casal Torres desafia o grupo: "e se fossemos ao Santuário original, para esclarecer e aprofundar o que é isso de viver em Espírito de Família de Schoenstatt. 

Em grupo, e como lema de viagem e peregrinação, questionámo-nos...

O que queres de mim??... O que queres de nós?...

E com estas interrogações levantámos voo no passado dia 2 de março em direção ao santuário Original de Nossa Senhora de Schoenstatt, situado nas margens do rio Reno.

Foi realmente uma experiencia transformadora, pelo acolhimento que tivemos no albergue, no Santuário, no testemunho, partilha e vivência em grupo, pela forma simples e transparente com que apresentámos os medos e as dúvidas, uns dos outros... Pela novidade com que nos fomos sentindo ser invadidos e envolvidos.

Pastorinhos: «É normal que o Papa aproveite ida a Fátima para canonizar Francisco e Jacinta» - Cardeal Saraiva Martins

 

O prefeito emérito da Congregação para as Causas dos Santos, D. José Saraiva Martins, saudou hoje a decisão do Papa Francisco em aprovar o milagre que abre a porta à canonização de Francisco e Jacinta Marto.

Em declarações à Agência ECCLESIA, o cardeal português que deu início ao processo de canonização dos dois pastorinhos de Fátima, na Santa Sé, considerou este momento “uma graça de Deus” e “um grande acontecimento para a Igreja Católica portuguesa, e para todo o mundo”.

“Vem sublinhar com força e coragem a dimensão universal da mensagem de Fátima, que 100 anos depois continua a ter uma atualidade extraordinária”, salientou.

A canonização de Francisco (1908-1919) e Jacinta Marto (1910-1920), beatificados a 13 de maio de 2000 pelo Papa João Paulo II, dependia do reconhecimento de um milagre atribuído à sua intercessão.

A data e local para a cerimónia de canonização vão ser decididos num próximo consistório (reunião de cardeais), no Vaticano, marcado para 20 de abril.

Para D. José Saraiva Martins, “não será nada de extraordinário” se a data decidida for o dia 13 de maio e o local a Cova da Iria, uma vez que o Papa estará em Portugal para participar na comemoração do Centenário das Aparições.

“Eu acho que é normal que o Papa aproveite a sua ida a Fátima para presidir à canonização dos dois pastorinhos, é o lugar mais indicado”, admite o prefeito emérito da Congregação para as Causas dos Santos, que durante 10 anos assumiu a coordenação deste dicastério da Santa Sé.

O cardeal de 85 anos frisa no entanto que “o princípio assente é que as canonizações fazem-se em Roma e as beatificações nas Igrejas locais”, como atesta a própria celebração da beatificação de Francisco e Jacinta, presidida pelo Papa João Paulo II em Fátima a 13 de maio de 2000.

“Fui eu que comecei com esta prática, antes as beatificações e canonizações eram todas feitas em Roma”, recorda D. José Saraiva Martins.

O prelado português, que esteve à frente da Congregação para as Causas dos Santos entre 1998 e 2008, vai estar em Fátima nos dias 12 e 13 de maio, integrado na comitiva que acompanhará o Papa Francisco na viagem a Portugal.

D. José Saraiva Martins mostra-se ansioso por esse momento, que irá também servir para marcar a relevância da mensagem de Fátima no mundo e “sobretudo para o Homem de hoje”.

“A mensagem de Fátima é um apelo à esperança e à conversão, e o que falta hoje ao Homem é esperança e conversão, converter-se a Deus e aos irmãos. E depois é uma mensagem de alegria, uma das normas fundamentais da fé cristã”, complementa.

A notícia da aprovação do processo de canonização de Francisco e Jacinta Marto, duas das testemunhas das Aparições de Nossa Senhora em Fátima, em 1917, foi dada hoje pela sala de imprensa da Santa Sé depois de uma audiência entre o Papa Francisco e o atual prefeito da Congregação para as Causas dos Santos, o cardeal Angelo Amato.

JCP


"Aquele que não ama não conhece a Deus, porque Deus é Amor." 1 João 4;8