CONTACTOS

Praça de Londres, 1000-074 Lisboa
Tlf. 218437450

Igrejasjoaodeus@gmail.com
www.paroquiasaojoaodeus.pt

UMA PARÓQUIA SINODAL?   

            Depois desta Visita Pastoral com o Sr. Patriarca D. Manuel e seu Bispo Auxiliar D. Nuno, tivemos oportunidade de refletir sobre a paróquia que somos e queremos ser.  Na verdade desde a herança que recebemos do primeiro Prior, Sr. Cónego Teodoro, que sentimos que não éramos uma paróquia piramidal, cujo vértice é o prior, mas mais uma paróquia circular em que vão surgindo sempre novos círculos criados pelos cristãos batizados que a integram, e a maioria são leigos, que perceberam que a sua condição os habilita não apenas como destinatários duma pastoral clerical, mas como responsáveis dum ministérios laical que os faz membros de Cristo pastor, santificador e evangelizador.

            Uma Paróquia Sinodal, porque desde sempre criou uma estrutura catecumenal e catequética integrada por equipas ligadas ao sentido de missão organizando e orientando sempre melhor a evangelização.            

            Uma Paróquia Sinodal, porque com a responsabilidade de Chefes crescidos no CNE foi possível relançar o 1050 com centenas de jovens a fazer Escutismo a sério, com perfil de pastoral juvenil e também as Guias com a sua preocupação duma educação integral das jovens do espírito de serviço.

            Uma Paróquia Sinodal, porque nela há lugar para várias vivências de espiritualidade

            Uma Paróquia Sinodal porque tem um grupo alargado de colaboradores  assalariados e voluntários irmanados no mesmo espírito de acolhimento e inter-ajuda e que partilha a co-responsabilidade   nas tarefas paroquiais sem discriminação.

Uma Paróquia Sinodal, porque nos seus órgãos colegiais, cultiva instâncias de formação e informação, que partindo da estaca zero, quer envolver os seus membros numa corresponsabilidade assumida e uma colaboração em equipa         

Uma Paróquia Sinodal porque abre espaço à criatividade cultural ou lúdica de criadores como os que lançaram entre outros o grupo de explicadores voluntários, grupo de Teatro, grupos corais litúrgicos; o «Fórum Mediação e Presença» dedicado ao aprofundamento e compreensão dos grandes debates da sociedade portuguesa.

Numa Paróquia assim, o Pastor Pároco é sobretudo um mestre de orquestra que colocando-se de maneira equidistante à maneira de Cristo, único Pastor, de quem ele é imagem, para pôr todos em concerto e harmonia na construção do Reino de Deus entre os homens.

 

O Prior, P. Carlos Paes.

 


"Aquele que não ama não conhece a Deus, porque Deus é Amor." 1 João 4;8